Pela primeira vez…

Se estiver entrando no templo pela primeira vez, é normal que fique um pouco ansioso. Geralmente ficamos ansiosos diante de algo desconhecido. Freqüentemente ficamos nervosos em relação a experiências novas. Fique tranqüilo. Você esta indo para o templo. Alguém irá auxiliá-lo a cada passo. Você será cuidadosamente orientado. Não se preocupe. Quando entramos no templo devemos ser reverentes. Todas as conversas necessárias devem ser feitas em voz baixa. Nos períodos de instrução, evidentemente, devemos manter total silêncio e reverência.

Atualmente existem poucos lugares que oferecem oportunidade para se meditar em tranqüila reverência. Em alguns templos, antes de entrarmos para começar o trabalho de ordenança, o grupo freqüentemente é reunido na capela do edifício. Ali, os membros esperam até que todo o grupo se tenha reunido. Geralmente ficamos impacientes na vida quando temos de esperar. Em outras situações, sermos os primeiros a chegar e depois termos que esperar até que o último entre antes de podermos prosseguir é algo que causa irritação. No templo, acontece justamente o oposto. A espera é considerada uma excelente oportunidade.

Que privilégio é poder sentar-nos tranqüilamente, sem conversar, e voltar a mente para pensamentos reverentes e espirituais! É algo que revigora a alma. Quando for ao templo, lembre-se de que é um convidado na casa do Senhor. Será um momento de alegria, mas uma alegria tranqüila. Muitas vezes, num casamento no templo, é necessário lembrar aos parentes e amigos que sua expressão de amor e felicitações e seu modo de cumprimentar os familiares que não vêem há muito tempo devem ser feitos de modo muito calmo e em voz baixa. Falar ou rir alto não é condizente com a casa do Senhor. Aceite a orientação dos oficiantes do templo. Alguém irá guiá-lo a cada passo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *